Comunicados e Fatos Relevantes

Esclarecimentos sobre consultas CVM/Bovespa - Notícia O Estado de São Paulo (01/01/2017)

São Paulo, 03 de janeiro de 2017.

 

Comissão de Valores Mobiliários

Rua Sete de Setembro, nº 111, 33º andar

Centro - Rio de Janeiro

Documento enviado pelo Sistema Empresas.NET

 

At.:    Nilza Maria Silva de Oliveira

         Gerente de Acompanhamento de Empresas -1

 

Ref.:  Ofício nº 2/2017/CVM/SEP/GEA-1

 

Rio de Janeiro, 02 de janeiro de 2017.

  

Ao Senhor

Pedro van Langendonck Teixeira de Freitas

Diretor de Relações com Investidores da

BRASKEM S.A.

Rua Lemos Monteiro nº 120, 24º andar - Butantã

São Paulo - SP

CEP: 05501-050

Tel: (11) 3576-9531/ Fax: (11) 3576-9532

E-mail: braskem-ri@braskem.com.br

c/c: emissores@bvmf.com.br ; ccarajoinas@bvmf.com.br; apereira@bvmf.com.br

  

Assunto: Solicitação de esclarecimentos sobre notícia.

  

Prezado Senhor,

  
  1. Reportamo-nos à notícia veiculada em 01.01.2017, no jornal O Estado de São Paulo: " Braskem tentará levantar pelo menos US$ 500 mi com emissão no exterior ", em que constam as seguintes afirmações:
 

"Há quase três anos fora do mercado externo, a Braskem está com uma emissão de ao menos US$ 500 milhões em bônus engatilhada para janeiro. Mas antes de colocar a operação na rua, quer avaliar a reação dos Investidores estrangeiros ao acordo de leniência, recentemente fechado, para entender o quanto efetivamente terá de pagar para captar no exterior. Os bônus de dívida da companhia têm, de toda a forma, sido pouco afetados pelas ações da Operação Lava Jato nos últimos anos.

Sem carimbo. Não está claro se os recursos captados serão destinados ao pagamento da multa global de R$ 3,1 bilhões imposta para a Braskem pela participação em esquema de corrupção. O que a companhia diz é que serão utilizados para propósitos gerais. A empresa tem US$ 72 milhões em bônus vencendo em janeiro de 2017 e US$ 234 milhões em 2018"

 
  1. Tendo em vista o exposto, determinamos que V.Sª. se manifeste com relação à notícia, assim como comente outras informações consideradas importantes sobre o tema.
  2. Tal manifestação deverá ocorrer por meio do Sistema Empresa.NET, categoria: Comunicado ao Mercado, tipo: Esclarecimentos sobre Consultas CVM/BOVESPA, assunto: Notícia Divulgada na Mídia, a qual deverá incluir a transcrição deste ofício.
  3. Alertamos que, de ordem da Superintendência de Relações com Empresas, no uso de suas atribuições legais e, com fundamento no inciso II, do artigo 9º, da Lei 6.385/76, e na Instrução CVM Nº 452/07, caberá a determinação de aplicação de multa cominatória, no valor de R$ 1.000,00 (mil reais), sem prejuízo de outras sanções administrativas, pelo não cumprimento da exigência contida neste ofício, enviado exclusivamente por e-mail, até 03.01.2017, não obstante o disposto no parágrafo único do art. 6º da Instrução CVM nº 358/02."
  

Prezados Senhores,

 

Fazemos referência ao Oficio nº 2/2017/CVM/SEP/GEA-1, por meio do qual V.Sas. solicitam à Braskem S.A. ("Braskem" ou "Companhia") esclarecimento a respeito da matéria "Braskem tentará levantar pelo menos US$ 500 mi com emissão no exterior", divulgada pelo jornal O Estado de São Paulo no último dia 1º de janeiro, conforme abaixo transcrito.

 

A esse respeito, esclarecemos que a Braskem constantemente acompanha os mercados de capitais local e internacional e suas oportunidades de acesso para financiamento, refinanciamento e alongamento de seu perfil de endividamento. Tais oportunidades são analisadas pela administração da Companhia em conjunto com seus assessores, para avaliar se enquadram no perfil buscado pela Braskem.

 

Nesse contexto, a Companhia vem estudando, dentre diversas alternativas que se apresentam, a possibilidade da captação no mercado internacional, sem, contudo, que haja nesse momento qualquer decisão interna aprovando a emissão.

 

Adicionalmente, faz-se necessário corrigir informações constantes na matéria no que tange aos saldos de bônus que vencerão em 2017 e 2018 que são, respectivamente, US$ 56,7 milhões e US$ 135,5 milhões conforme últimas informações trimestrais divulgadas e não US$ 72 milhões e US$ 234 milhões, como divulgado pela matéria.

 

Sendo o que tínhamos para o momento, subscrevemo-nos, colocando-nos à disposição para esclarecimentos adicionais caso se façam necessários.

 

Atenciosamente,

 

Pedro van Langendonck Teixeira de Freitas

Diretor de Relações com Investidores

BRASKEM S.A.