Compromissos 2030 e 2050

Em 2021, a Braskem renovou seus compromissos em desenvolvimento sustentável, considerando os desafios e tendências globais para 2030, em linha com a Agenda 2030 da ONU e com o Acordo de Paris. A definição dos novos compromissos se deu em um processo amplo e que durou meses. O processo envolveu 27 workshops e entrevistas com mais de 500 líderes e integrantes da empresa e também considerou a análise de riscos corporativos em relação ao nosso negócio e cadeia de valor, mapeados pela área de gestão de riscos corporativos.

A nova Estratégia Global de Desenvolvimento Sustentável foi aprovada pelo Conselho de Administração e endereça sete dimensões relevantes para o negócio em compromissos de longo prazo, conectados à matriz de materialidade da Braskem. Dessa forma, sua estratégia de longo prazo busca endereçar, prioritariamente, os objetivos de desenvolvimento sustentável abaixo:

  • Clique aqui para acessar a Central de Indicadores
  • Clique aqui para acompanhar a progressão de atingimento das nossas metas

 

Conheça os nossos compromissos:

1. SAÚDE E SEGURANÇA

Segurança é um valor inegociável para a Braskem. Garantir a segurança e saúde das pessoas, incluindo integrantes, terceiros e comunidades ao entorno, e segurança dos processos são elementos chaves para a continuidade das operações da Companhia. Em 2030, a Braskem quer se manter entre as melhores empresas do setor em relação a Saúde, Segurança Ocupacional e Segurança de Processos.

Objetivos 2030. Buscar diminuir as doenças ocupacionais e reduzir pela metade a frequência de acidentes pessoais e de acidentes de processo.

Para atingir esta meta, a companhia desenvolve os seguintes projetos:

  • Jornada de Confiabilidade Humana: ações de educação, gestão de conhecimento e atuação prática no campo sobre atitudes que reduzem a exposição a riscos no trabalho.
  • Gestão de Terceiros: aprimoramento dos requisitos de gestão de segurança para empresas contratadas nas unidades industriais, com base em padrões globais.
  • Programa de Saúde Integral: compreende além dos aspetos físicos ocupacionais, os emocionais e sociais do ser humano.
  • Transformação digital: utilização de ferramentas criadas pelo Centro Digital e Industria 4.0, com base em análise de dados e automação e foco em prevenção de acidentes.

Atingimentos 2021. Em 2021, a taxa de frequência de acidentes com e sem afastamento (considerando Integrantes e Parceiros) foi de apenas 0,86 – o melhor resultado dos últimos cinco anos.

2. RESULTADOS ECONÔMICOS E FINANCEIROS

Criação de valor sustentável. Incorporação dos critérios ESG  à estratégia do negócio como alavanca de valor para o longo prazo. Para 2030, a Braskem quer ser empresa líder de mercado por sua contribuição para o desenvolvimento sustentável, assegurando a geração de valor aos acionistas ao mesmo tempo em que atende aos interesses de todas as nossas partes interessadas.

Objetivos 2030. Manter saúde financeira e a disciplina na alocação de capital, com foco na criação de valor, fortalecendo relação com o mercado com base no valor ESG. Nesse sentido, a Companhia objetiva (i) estar no 1º quartil de retorno para os acionistas do setor petroquímico, (ii) entre as melhores empresas no Dow Jones Sustainability Index, (iii) aprimorar processos de governança e conformidade, conforme as melhores práticas, e (iv) atingir nível excelente de reputação com clientes. Para tanto, a Companhia está atuando nas seguintes frentes:

  • Sistema de Conformidade: melhoria contínua do Sistema de Conformidade e práticas de governança.
  • Global Compact CFO Principles: comprometimento para integrar os objetivos do desenvolvimento sustentável da ONU na gestão financeira da Companhia.
  • Unificação do Relatório Integrado: único documento contendo os principais padrões de reporte em sustentabilidade.
  • Executivos com metas ESG: executivos com metas atreladas ao desempenho ESG.
  • Disciplina financeira e Criação de Valor ESG: iniciativas para manutenção da saúde financeira e da disciplina na alocação de capital, com foco na criação de valor, fortalecendo relação com o mercado com base no valor ESG.

Atingimentos 2021. Em 2021, a Companhia (i) passou a ser considerada uma empresa grau de investimento, após a elevação do rating pelas agências de classificação de risco S&P Global Ratings e Fitch Ratings, (ii) distribuiu R$ 6,0 bilhões em dividendos antecipados aos seus acionistas com base no resultado do ano, (iii) reduziu sua dívida bruta em US$ 1,8 bilhão através do pagamento de diversas operações no mercado de capitais, (iv) consolidou a formação do comitê de auditoria por meio da transformação do Comitê de Conformidade em Comitê de Conformidade e Auditoria Estatutário (CCAE), com o objetivo de dar continuidade ao aprimoramento das práticas de governança corporativa, e (iv) firmou parceria com Ecovadis para reforçar programa de gestão de fornecedores com análise em critérios ESG.

3. ELIMINAÇÃO DE RESÍDUOS PLÁSTICOS

Economia circular como oportunidade de negócio. A estratégia de transição para a economia circular da Braskem está pautada na reciclagem mecânica e avançada, realizadas através de parcerias para transformação de resíduos plásticos em novos produtos e para desenvolvimento de inovação e tecnologia, ampliando a capacidade de coleta, triagem e transformação do resíduo plástico. Até 2030, a Braskem quer ser reconhecida globalmente como uma empresa que desenvolve a cadeia de valor da reciclagem nas regiões onde atua e quer atingir a liderança do tema nas Américas.

Objetivos 2030. Ampliar a comercialização de produtos com conteúdo reciclado, trabalhar para evitar o descarte inadequado de resíduos plásticos e tornar produtos cada vez mais circulares. Nesse sentido, a Companhia tem como metas: (i) vender 300 mil toneladas por ano de produtos com conteúdo reciclado até 2025, e (ii) recuperar 1,5 milhão de toneladas por ano de plásticos pós-consumo e aumentar as vendas de produtos com conteúdo reciclado para 1 milhão de toneladas ao ano até 2030. Para tanto, as seguintes parcerias foram constituídas:

  • Valoren (BR): desenvolvimento tecnológico e construção da primeira unidade de reciclagem avançada no Brasil, em parceria com a Valoren, integrando e trazendo sinergia com a linha de reciclagem mecânica no mesmo site. O aporte da Companhia será de R$ 44 milhões, para viabilizar a construção da unidade pela Valoren. Além disso, o projeto está previsto para iniciar suas operações no início de 2023.
  • Tecipar (BR): acordo de compra de resíduos plásticos que viabilizou a construção de uma usina de triagem com capacidade de prover 2kt/ano em resíduos.
  • Alcamare (MX): parceria com maior reciclador da região, com trabalho conjunto para desenvolvimento e comercialização de grades de PE e PP reciclados.
  • Cyclyx(US): entidade baseada em consórcio que visa desenvolver soluções inovadoras de reciclagem para todos os tipos de plásticos pós-uso.
  • Centro de Desenvolvimento de Embalagens Circulares (BRA): construção de um hub de inovação, por meio do qual a companhia estabelecerá parcerias com clientes, brand owners, designers, startups e universidades para desenvolvimento de embalagens mais sustentáveis. O investimento será de R$ 20 milhões e o Centro  está com inauguração prevista para o primeiro semestre de 2022.

Atingimentos 2021. Em 2021, a primeira linha de reciclagem mecânica do Brasil, fruto da parceria entre a Braskem e a Valoren, iniciou as operações. A planta, localizada em Indaiatuba/SP, tem capacidade para transformar cerca de 250 milhões de embalagens em 14 mil toneladas de resina pós-consumo de alta qualidade por ano.

4. COMBATE ÀS MUDANÇAS CLIMÁTICAS

Alcançar a neutralidade de carbono em 2050. A Braskem atua em alinhamento com o Acordo de Paris, a partir de um plano de mitigação e adaptação às mudanças climáticas, que visa reduzir, compensar e capturar emissões, bem como adaptar suas operações a potenciais riscos climáticos. Assim, tem contribuído de forma relevante para o combate às mudanças climáticas, através da eficiência energética em suas operações, aumento do uso de energia renováveis e ampliação do portfolio de químicos e polímeros de fonte renovável.

Objetivos 2030 & 2050. Alcançar a neutralidade de carbono, por meio de redução e compensação de emissões, a partir da produção de produtos de fonte renovável, e captura de carbono. Assim, pretende (i) reduzir suas emissões de GEE Escopo 1 e 2 em 15% até 2030, a partir da compra de energia renovável e de projetos de eficiência energética; (ii) alcançar a neutralidade de carbono em 2050, a partir da redução, compensação e captura de emissões de carbono, e (iii) atingir 1,0 milhão de toneladas de capacidade de produção de PE verde até 2030.  Para atingir tais metas, a Companhia está atuando nas seguintes frentes:

  • Eficiência Energética: projetos de eficiência energética, pautados por ferramentas digitais e de precificação interna de carbono aplicada a novos investimentos.
  • Energia Renovável: contratos de compra de energia de fonte renovável de longo prazo que, até o momento, já somam 1,5 milhão de tCO2 evitadas ao longo da vigência dos contratos.
  • Compensação de Carbono: adição de 60kt na capacidade de produção de Eteno Verde, em Triunfo/BR, com investimento de US$ 61 milhões, além de estudos de viabilidade para outros projetos de expansão.
  • Inovação e Tecnologia: (i) estudo de tecnologia para a captura de carbono e sua utilização como matéria-prima, em parceria com a Universidade de Illinois, (ii) parceria com a Haldor Topsoe para o desenvolvimento e produção de MEG Verde, feito a partir da cana de açúcar, e (ii) parceria com a Sojitz, distribuidora de químicos e polímeros com forte presença no mercado asiático, para constituição de joint venture  para a produção e comercialização de bio-MEG (monoetilenoglicol) e bio-MPG (monopropileno glicol).

Atingimentos 2021. Em 2021, a Companhia aumentou a capacidade de produção de ETBE no Brasil, bioaditivo para gasolina automotiva que melhora sua performance e é produzido parcialmente com etanol, com o objetivo atender à crescente demanda mundial por soluções sustentáveis e expandiu as parcerias para compra de energia renovável em contratos de longo prazo. Além disso, a Companhia assinou dois memorando de entendimentos, com: (i) a SCG Chemicals: uma das maiores empresas petroquímicas integradas da Tailândia e líder da indústria na Ásia, para realizar estudos de viabilidade para investir em conjunto em uma nova planta de desidratação de bioetanol na Tailândia para produzir bioeteno e o polietileno I’m greenTM biobased, e (ii) a Lummus Technology, para o licenciamento conjunto da tecnologia de eteno verde da Braskem (conversão de etanol em eteno) para um projeto em desenvolvimento na América do Norte; e outro projeto em análise na Tailândia.

5. ECOEFICIÊNCIA OPERACIONAL

Operações cada vez mais sustentáveis. A Braskem trabalha continuamente para melhorar a eficiência energética de suas operações e conta com modelo referência em tratamento e reuso de água, além de avaliar periodicamente o risco hídrico de suas operações. Assim, contribui para tornar as operações cada vez mais sustentáveis, garante continuidade de geração de valor e contribui para vida das pessoas. Até 2030, a Braskem quer estar entre as referências em eco eficiência operacional na indústria petroquímica global.

Objetivos 2030. Operações e serviços cada vez mais sustentáveis, com foco em recursos hídricos e energéticos. A Companhia visa reduzir o consumo de energia vinculada principalmente à redução de 15% nas emissões de CO2 para 2030, e aumentar para 100% no índice de segurança hídrica, que avalia a exposição ao risco de estresse hídrico nas unidades industriais.  Para atingir estas metas, a Companhia está desenvolvendo os seguintes projetos:

  • Eficiência energética: (i) redução do consumo de energia em fornos dos crackers, com base em modernização de equipamentos, e (ii) modernização de sistema elétrico no ABC, por meio de eletrificação de motores e construção de planta de cogeração de energia elétrica e vapor.
  • Menor consumo de energia: melhoria de processo em torres de resfriamento para redução no consumo de água no cracker da Bahia, com economia de 300 milhões de litros de água recorrente.
  • Estresse e Segurança Hídrica: (i) revisão de estudo para mapeamento de riscos nas bacias hidrográficas das quais a Braskem depende, e (ii) substituição de fontes de captação sob stress hídrico para fontes mais seguras.
  • Reuso de Água: contínuo reuso no ABC, por conta do Aquapolo, projeto de tratamento de esgoto doméstico que abastece quase 100% do complexo, e busca por fonte segura de água para o completo de Duque de Caxias/RJ.
6. RESPONSABILIDADE SOCIAL E DIREITOS HUMANOS

Ser reconhecida como empresa mais humana do setor. A Braskem é comprometida, desde sua criação, com sua cadeia de valor e tem atuado principalmente por meio de programas de investimento social privado na promoção de desenvolvimento local.  Até 2025, a Braskem quer ser reconhecida como empresa mais humana do setor, que respeita e promove os direitos humanos em toda a cadeia e o desenvolvimento local para as comunidades do entorno de suas operações.

Objetivos 2030. Respeitar e promover os direitos humanos em toda a cadeia e o
desenvolvimento local para as comunidades ao entorno das operações. Nesse sentido, a Companhia objetiva: (i) aumentar o número de mulheres em cargo de liderança até 2030, (ii) aumentar o número de integrantes negros nas operações do Brasil e EUA, (iii)  gerenciar 100% dos riscos altos e médios da nossa cadeia de valor relacionados a direitos humanos até 2030, e (iv) aumentar o número de pessoas beneficiadas por ISPs e doações para 250 mil em 2030. Para tanto, destacamos:

  • Programa de estágio: flexibilização de critérios de seleção para grupos sub representados, com 40% das vagas sem a obrigatoriedade de inglês.
  • Currículo às cegas: avaliação cega de currículos em processos seletivos, entre outras iniciativas, para reduzir preconceitos e promover igualdade de oportunidades.
  • CEO Pledge for Diversity: compromisso com ações que promovem ambiente diverso e inclusivo para os integrantes.
  • Caso Maceió: continuidade do Programa de Compensação Financeira e Realocação de pessoas, de forma justa e segura, das ações de monitoramento da região e de estabilização do poços.
  • COVID-19: continuidade das ações de cooperação ao combate à pandemia e de suporte às comunidades afetadas pela crise social.
  • ISP e Doações: continuidade e ampliação dos programas de desenvolvimento local de comunidades, com foco em consumo consciente e empreendedorismo.

Atingimentos 2021. Em 2021, cerca de R$ 38,5 milhões foram destinados ao ISPs e doações em escala global, com 146 iniciativas, sendo que o valor aproximado de R$ 16,2 milhões foi destinado ao apoio no combate à pandemia do COVID, na forma de produtos e recursos financeiros.

7. INOVAÇÃO SUSTENTÁVEL

Fator chave para a viabilização de todos os demais compromissos. A Braskem se dedica para continuar sendo pioneira na produção de resinas termoplásticas e químicos baseados em materiais renováveis e expandir de maneira significativa a produção de resinas e químicos com conteúdo reciclado, assim, oportunidades em tecnologia e inovação para alavancar a criação de valor é fundamental. Até 2030, a Braskem quer cada vez mais acelerar e entregar soluções inovadoras e sustentáveis para os consumidores e para a sociedade.

Objetivos 2030. Consolidar pipeline de projetos sustentável e continuamente viabilizar soluções inovadoras e sustentáveis, alcançando um impacto positivo dos projetos de I&T1, com Índice de Sustentabilidade superior a 90%. Nesse sentido, as plataformas de atuação da Companhia são:

  • Processos de nova geração: novas tecnologias para ativos existentes, melhorando a eficiência de carbono e energética e cria diferenciação em performance.
  • Reciclagem: projetos para conversão de resíduos plásticos em produtos de valor agregado. Inclui tecnologias e processos de reciclagem química e mecânica.
  • Conversão de CO2 em Químicos: tecnologias para converter CO2 diretamente em químicos, materiais e outros produtos. Inclui soluções
    de biotecnologia.
  • Conversão de Biomassa em Químicos: tecnologia para a conversão de biomassa em químicos e materiais de valor agregado.
  • Substituição de Materiais: expandir o escopo da plataforma lightweight e incluir tecnologias e produtos, entregando soluções mais sustentáveis para os clientes.

Atingimentos 2021. Ao final de 2021, o portfólio de projetos em pesquisa e desenvolvimento contemplava 126 projetos. Destes, 102 projetos foram classificados como positivos no índice de sustentabilidade, o qual abrange os seguintes tópicos: economia de água, economia de energia, segurança química (processo/produto), emissões de gases de efeito estufa e circularidade.